Shrek e a Jornada de Copas – Os Ogros também amam!

Atenção: Se você não viu o último filme do Shrek , esse texto contém spoilers.


Os contos de fadas, assim como mitos podem nos ensinar muito sobre a vida, nossos comportamentos, pensamentos e emoções. Assim, após assistir a todos os filmes do Ogro feioso Shrek, percebi o quanto é um filme que fala sobre o amor, sobre relacionamentos, sobre as atrações das aparências e aquilo que nos realmente é valioso e  brota do coração. Gostei muito do último filme, superou a história do “felizes para sempre” dos contos de fada, para a pergunta: E  depois do felizes para sempre, porque ainda podemos ficar insatisfeitos? Por isso, a seguir não pude evitar  de encontrar algumas  semelhanças com a jornada do naipe de copas do Tarot. Vejam a seguir, um olhar sobre o assunto:

Às de copas

Tudo começa quando a princesa Fiona é presa na torre de um castelo protegido por um dragão!Amaldiçoada a ser uma bela princesa de dia e uma Ogra à noite, somente o beijo do amor verdadeiro a libertará! Assim, iniciamos a jornada do naipe de Copas. O às de copas como todo o potencial afetivo, do encontro com o amor no sentido mais puro e amplo, repleto de esperanças, sonhos e inspirações. Aos corações aprisionados em torres, solitários, cercados pelo dragão do medo, o às de copas  demonstra nosso desejo de sermos finalmente resgatados por um príncipe ou princesa!Acontece, que quem salva a princesa é um Ogro!

2 de Copas

A princípio, Fiona não concorda em ser resgatada pelo ogro Shrek. E nem ele o fez inicialmente por vontade. Entretanto, na convivência eles se divertem e descobrem afinidades!Shrek também descobre a verdade sobre a maldição da princesa. A dualidade  do 2 de copas em Fiona expressa bem a fase do enamoramento, onde revelamos aos poucos algumas de nossas faces ao ser amado e vice-versa.  Quando Shrek a beija no fim do primeiro filme e quebra a maldição (a princesa vira ogra definitivamente),  o sentimento a faz tornar-se autêntica! Para além das aparências, o que importa é o amor verdadeiro.

3 de Copas


Tudo vira festa, porém no segundo filme Shrek tem que lidar com os pais de Fiona e enfrenta rivais que querem a coroa, como Lorde Farquaard e o Príncipe Encantado. Ele consegue se livrar dos problemas e faz parte do 3 de copas se inserir e ser agraciado no meio social. Para melhorar, Fiona fica grávida e Shrek vai ser pai! A união do 2 de copas Ogro gerou frutos. Três deles!Shrek no ínicio teme a idéia, mas até o final do terceiro filme, com os filhotes nascidos, tudo vira motivo de comemoração!

4 de Copas


No filme Shrek Forever, despedida da série, temos Shrek vivendo a rotina da família. Crianças, mesmice, ninguém mais tem medo do horrível e tenebroso Ogro! Shrek começa a sentir um certo tédio existencial e insatisfação consigo mesmo típico do 4 de Copas,  e no meio das festa infantil de aniversário dos seus filhos tem um surto de rabujice. Após um desabafo com Fiona se dizendo arrependido de tê-la resgatado da torre, o duende oportunista Rumpelstiltskin, escutando tudo de trás de um arbusto, sugere ao mal-humorado e ranzinza Shrek uma negociata mágica! O contrato era de “um dia por outro dia”.  Shrek deveria abrir mão de um dia do passado de sua vida e assim ganharia um dia de sua vida antiga de Ogro temido!

5 de Copas

Após virar as taças da decepção do 5 de copas com  o duende, vulnerável e desiludido com a própria vida, Shrek chega ao cúmulo do pessimismo e assina o contrato proposto pelo malandro, o que mais a frente lhe traria muita dor de cabeça! Mais à frente, ele perceberá que os encantos e atrações  propostos  por Rumpelstiltskin são miragens de um 7 de copas!

6 de Copas

Ao assinar o contrato,  Shrek tem seus momentos do passado de volta literalmente. O 6 de copas traz uma certa saudade daquilo que o inspirava no passado, coisas relacionadas a vida de solteiro, sem as responsabilidades matrimoniais. Aqui aparece o ogro revivendo seus dias de “criança na lama”. Assusta as pessoas de “Tão, tão Distante”, diverte-se revivendo os bons e velhos tempos de temível monstro assustador!!!.

7 de Copas

Mas tudo se revela uma grande ilusão de 7 de copas. A proposta encantadora do Duende era um êngodo. No contrato, Rumpelstiltskin  toma o dia do nascimento de Shrek, ou seja, ele nunca existiu, nunca conheceu seus amigos ou família. Nunca resgatou Fiona da torre, conheceu o Burro ou o Gato de Botas. Nessa realidade alternativa, Rumpelstiltskin se torna rei, caça e escraviza todos os ogros em seu castelo. Fiona está escondida na floresta e é a rebelde líder da resistência dos Ogros. Shrek fica desorientado, confuso por seus amigos não o reconhecerem. E se não mudar esse quadro no período de um dia irá desaparecer por completo. Mas Shrek descobre que beijando o seu amor verdadeiro de novo, pode conseguir a recisão do contrato e acabar com o pesadelo.

8 de Copas

Shrek não desiste e vai atrás de Fiona. Ele faz de tudo para reconquistá-la, mas ela não é a mesma pessoa que conheceu antes. Não foi salva do castelo, tornou-se guerreira e virou-se sozinha. Ela não o ama!Por isso, mesmo conseguindo beijá-la, o encanto não se quebra. O duende anuncia um contrato dando o que quiser para quem capturar Shrek. O Ogro se entrega e por isso, pega a recompensa do duende. Como no 8 de copas, desiste da sua vida e esperanças em reconquistar Fiona e apenas liberta os outros Ogros. Apesar da renúncia, o Duende mau-caráter captura o casal (porque Fiona não é ogra completa). Tudo parece estar indo para o brejo…

9 de Copas

…mas os amigos guerreiros Ogros, Burro e Gato voltam para resgatá-los. Após grande bagunça, derrotam o duende Rumpelstiltskin. Shrek ao nascer do novo dia, começa a desaparecer. Fiona aprecia tudo o que ele fez por ela, o sentimento daquele às de copas do ínicio da jornada, parece renascer…finalmente, ela beija Shrek de todo coração. O beijo do amor verdadeiro, após tantos dissabores! A realidade de Rumpelstiltskin se acaba, tudo volta como era antes e Shrek reaparece novamente na festa infantil de seus filhos. A realidade que o rodeia de bolo, doces e criançada agora não é mais opressora, pelo contrário o ogro se sente repleto de gratidão.

10 de Copas

Shrek realmente valoriza tudo o que tem e conquistou emocionalmente. Fechando o ciclo do naipe, ele finalmente consegue reanimar a chama do amor verdadeiro do às de copas com a sua maturação do 10 de copas. Revendo seus amigos, seus filhotes, abraça sua dedicada esposa  e conclui: “Fiona, não fui eu que a salvei da Torre, mas foi você quem me salvou!”.

The end or….a new beginning?

Por Luciana Lebel
Taróloga

Imagens dos filmes Shrek da DreamWorks.
Site Oficial

  • maria rita oliveira silva

    que lindos

  • maria rita oliveira silva

    lindo