Refletindo com os Arcanos Maiores

Analisando os Arcanos Maiores certamente veremos muito mais que belas ilustrações, elementos conhecidos ou mesmo uma resposta para oque desejamos saber. Por trás de cada Arcano Maior existe uma portunidade e uma chance (mais uma, quem sabe!) de nos depararmoscom uma parte nossa, um fragmento, uma característica. Não é `a toa ue a palavra Arcano significa segredo, mistério… em cada carta existeum conto secreto ao qual podemos nos reconhecer !
Quando assistimos a um filme e percebemos que a história relatada é arecida com a nossa, normalmente nos pegamos vivenciando o filmecomo se fôssemos o próprio personagem ou mesmo contando para lguém como se fôssemos nós que tivéssemos vivido aquele momentona tela. O mesmo ocorre quando nos identificamos com uma música, uma foto…e assim também podemos nos sentir ao analisarmos einterpretarmos uma carta do Tarô!
Naquele exato momento podemos ver ma parte nossa ali ilustrada e quando nos encontramos em dificuldades, nessa mesma lâmina pode haver uma proposta de solução, ou algumas sugestões para mudarmos o que está nos incomodando…Faça um teste, experimente olhar as semelhanças… Busque numa carta ue você tire aleatoriamente do seu Tarô um reflexo para o momento devida tual. Tente ver naquele desenho o seu próprio retrato, entender essemomento para que assim você possa analisar imparcialmente o que se presenta como a melhor solução. Seja seu consultor, experimente sairdo caminho da dor e do sofrimento e através dessa compreensão encontrar as suas próprias respostas, podendo obter esse auxílio nas cartas do Tarô.

Isso não é propaganda,é apenas uma sugestão. A questão aqui é expandir o entendimento a fim de que não mantenhamos postura deapenas ajudarmos aos outros e nossos problemas pessoais ficarem`a deriva. Através de um boa reflexão feita com um Arcano Maiorcertamente nos sentiremos mais ricos e fortalecidos , utilizando a força,a energia e as informações que brotam desse instrumento…o restoquem faz somos nós! Todos temos imaginação criativa, um decodificador natural de símbolos que nos auxilia a “entender” uma carta mesmo sem nunca a termos visto anteriormente. Basta confiar no que vê , no que ente e interpretar uma lâmina com o coração. Não existem errosquando se atua com o coração!

Analise apenas um símbolo que primeiramente lhe chame a atenção na arta e não se preocupe em “formular perguntas”…deixe que essesímbolo traga `a tona uma parte sua e fale sobre ela, mostre-lhe uma orma de lidar com ela ou como a mesma se encontra. Assim, quemsabe, esses “mergulhos” possam virar um hábito e a busca pelo onhecimento tenha seu papel mais importante desempenhado sempudores, medos ou fugas – caminhar de encontro ao conhecer a si esmo, para poder evoluir como matéria , mente e espírito.

O AUTO-CONHECIMENTO ATRAVÉS DO TARÔ

Hoje em dia são tantas as propostas e maneiras de auto-conhecimento que o termo já se tornou quase um velho conhecido…e é isso que ele é!O único detalhe é que a busca real por ele ainda não é tão grande. Mas não importa, como diria um grande compositor: “qualquer maneira deamor vale a pena…” e nesse assunto eu diria que qualquer maneira de busca vale a pena, desde que seja feita com a alma e com o coração!Toda Arte ou Ciência, Religião ou Crença que nos leve ao crescimento
interior e `a evolução deve ser respeitada, simplesmente pelo fato de fazer o bem sem olhar prá quem ou mesmo por mostrar uma porta aquem procura…

É justamente por isso que essas palavras não estão aqui para impressionar e mostrar que o Tarô é o melhor método entre tantosoutros. Não quero aqui menosprezar nenhum Caminho, muito menos falar do meu como a grande solução. Quero lembrar-lhe que no meio demuitos conhecimentos e inúmeras ofertas a fé é a maior arma que um Homem carrega consigo . Ele mesmo pode fazer tudo isso por si próprio…o método que escolherá para fazê-lo é uma questão totalmente pessoal , intransferível.Por isso quero sempre acreditar que todos os veículos e profissionais que se predispõem a trabalhar na ” totalidade” das pessoas respeitem e esperem a mesma postura uns dos outros. É a partir daí que podemos analisar as orientações que absorvemos de forma ampla , olhando parao Tarô e vendo-o também como um Caminho, uma Filosofia de Vida e não apenas como cartas que nos responderão o futuro, deixando nossas Vidas `a mercê do destino ! Procuremos, nesses casos, trabalhar o preconceito e a idéia antiga de jogos de azar e olhar além , ver o queuma Arte- seja ela qual for – poderá nos oferecer… O Tarô é estudo, é busca, é conhecimento, não está fora de nosso alcance e não foi feito apenas para os “que nasceram com o dom” ouos” escolhidos”. É antiga tradição, trabalhada pelo Homem e lapidada através dos séculos para orientar quem busque esse tipo de direcionamento. É um Livro Sagrado e mágico que oferece através de suas ilustrações uma forma sutil e bela de se desvendar os próprios mistérios. Por isso, como qualquer outra forma de fé ele se fazimportante e respeitado.
Afinal, o ideal é começar por nós mesmos, para assim existir a possibilidade de conhecer e transformar o que está à nossa volta… se éque depois de estarmos a sós conosco sentiremos ainda a vontade de ajudar os outros, ao invés de aprendermos a amá-los como são! “O auto-conhecimento é a chave para o desfrute interno e externo da paz,harmonia e equilíbrio, para uma vida saudável, fluindo do coração abertoque busca a Evolução”.


[Kelma Mazziero]