O Tarô como instrumento de cura


O tarô nos permite aprofundar questões, dilemas que são travados conscientemente ou inconscientemente por nós mesmos. É uma preciosa ferramenta de autoconhecimento que nos ajuda a perceber padrões de comportamento e nos leva à compreensão desses padrões em nossos relacionamentos. Com isso, nos inspira a enxergarmos as dificuldades com coragem e a escolha do caminho mais sábio a seguir.

Então como podemos aproveitar o tarô de forma construtiva? Como combater a auto sabotagem e os delírios criados pela mente? Somente através do mergulho em nós mesmos, assim vivenciamos o tarô como espelho. Porém, nem todo mundo se encontra receptivo à essa maravilhosa experiência.  Afinal, não há garantias do que se possa encontrar lá dentro, é como o fundo do mar, misterioso e obscuro, passível de surpresas a todo o instante. É preciso muita coragem, muita garra e determinação para enfrentar o desconhecido “familiar”, pois é onde nossos monstros e medos mais perversos se escondem. É uma luta do eu contra o eu mesmo, não há vencedores, não quando se luta contra si mesmo.

A restauração da nossa essência divina se dá aos poucos, através da tomada de consciência e da mudança comportamental necessária para a recuperação e isso tudo pode pode ser trabalhado através da tarologia. Lembre-se que quanto mais fundo mergulhamos mais perto estamos da surpefície interior.

T Furtado